Países que mais lucram com a agricultura

Países que mais lucram com a agricultura


  • 24/10/2018

Produzir mais e gastando menos a cada ano.

Este é um dos principais objetivos na agricultura para obter lucro ano após ano. O Brasil, por sua vez, desempenha um papel bastante importante no cenário mundial de produção de alimentos. A expectativa é que o país esteja no topo deste ranking em breve.

Nos últimos 40 anos, a nação saltou de importador para o segundo maior exportador global. Além disso, o Brasil atingiu a capacidade de gerar quatro vezes mais alimentos do que o essencial para dar conta de sua demanda interna. Desta maneira, o próximo passou é intensificar as exportações alimentícias par ao exterior, saltando de 7% para 10% no prazo de cinco anos.

Vale salientar que o território nacional ainda é favorecido em diversos aspectos. O Brasil é a quinta nação em questão de extensão territorial com 8.515.767.049 quilômetros quadrados. Já a área cultiva gira em torno de 80 milhões de hectares conforme os números do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

É importante destacar que ainda há grande capacidade para aumentar esses números. E, o Brasil também é conhecido mundialmente pela agricultura com alta tecnologia, algo realizado com mesmo nível dos países de primeiro mundo.

Sendo que os produtores contam com apoio de institutos de pesquisa espalhados em todo o território nacional, bem como instituições de ensino públicas e pesadas. O investimento em tecnologia é bastante elevado na agricultura nacional. Por isso, alcançar a liderança nas exportações e lucrar cada vez mais com a agricultura é algo plausível para o Brasil.


Rankings dos maiores exportadores mundiais de alimentos

Segundo a Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO), ranking dos países que mais faturam com exportação na agricultura tem:
1º – Estados Unidos
2º – Brasil
3º – China
4º – Canadá
5º – Argentina


Lucros com agricultura orgânica

Embora seja mais complexo equilibrar as despesas da agricultura feita com métodos convencionais, à agricultura orgânica vem crescendo. Isso porque a população está cada vez mais interessada neste segmento, o que gera mais lucros aos produtores e, consequentemente, países produtores.

Essa é uma técnica que está se mostrando cada vez mais sintonizada com os novos tempos. Conforme um levantamento, a Federação Internacional de Agricultura Orgânica (IFOAM), esse nicho obteve lucros de 55 bilhões de euros por ano. Apenas nos Estados Unidos, esse setor da agricultura atingiu o montante de 25 bilhões de euros ao ano.

Desta maneira, é evidente que os agricultores estão cada vez mais atentos a expansão deste mercado e a solicitação dos consumidores. E isso também está ocorrendo no Brasil, que gradativamente está aderindo a esse movimento. Conheça uma lista com as nações que mais cultivam e faturam com orgânicos no planeta atualmente:

1 - Austrália – 17,2 milhões de hectares
2 - Argentina – 3,2 milhões de hectares
3 - EUA – 2,2 milhões de hectares
4 - China – 2,1 milhões de hectares
5 - Espanha – 1,6 milhão de hectares
6 - Itália – 1,3 milhão de hectares
7 - França – 1,1 milhão de hectares
8 - Alemanha – 1,1 milhão de hectares
9 - Uruguai – 900 mil hectares
10 - Canadá – 900 mil hectares

Para saber mais deste e outros assuntos agrícolas, basta acessar a página da Trevisan Equipamentos e o site oficial!