Qual agricultura é predominante no Brasil?

Qual agricultura é predominante no Brasil?


  • 13/09/2019

A agricultura é uma das principais bases da economia no Brasil. Nos últimos 50 anos, o país saiu da categoria de importador de alimentos para se tornar um grande produtor, com capacidade de exportação para o mundo todo.

Esse cenário é resultado de uma combinação de fatores. O país é rico em recursos naturais como a água, a luz e o calor, elementos fundamentais para a geração de alimentos com qualidade. Outro relevante fator é a extensão territorial e as áreas disponíveis para agricultura mecanizada, o que permite uma maior variedade de produtos e agricultores que se especializam em determinados cultivos.

Muito tem se investido em pesquisas agrícolas, em ciência e tecnologias para inovar e trazer maior rentabilidade para o agronegócio. A revolução agrícola que aconteceu no Brasil em termos de aumento produtivo e evolução tecnológica foi extraordinária. Hoje, se produz mais em cada hectare de terra.

Segundo a FAO (Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação), dentre os principais produtos brasileiros cultivados, os que possuem maior destaque são: o milho, a cana-de-açúcar, café, cacau, a soja, algodão, o arroz, o feijão e a laranja. Destacamos alguns:

 

4º lugar: o Milho

Utilizado para o consumo humano à pecuária extensiva, o milho está entre os principais grãos produzidos no Brasil, sendo o terceiro maior produtor do mundo. Ficamos atrás somente dos Estados Unidos e da China.

 

3º lugar: o Café

O Brasil é o maior produtor global de café. A área total cultivada chega a quase 2 milhões de hectares, o equivalente a aproximadamente 3 milhões de campos de futebol. Minas Gerais, Espírito Santo e São Paulo são os principais estados produtores.

 

2º lugar: a Cana-de-açúcar

Primeira cultura agrícola extensiva usada em solo brasileiro, a cana-de-açúcar foi a principal responsável por viabilizar economicamente a colonização do país. O Brasil é um dos maiores consumidores e é também o maior produtor do mundo. O clima das regiões litorâneas é ideal para o cultivo do produto, que pode ser beneficiado como açúcar, para consumo humano, ou etanol, usado principalmente como combustível.

 

1º lugar: a Soja

Como já era de se imaginar, a soja é o principal produto agrícola no Brasil. O país é o segundo maior produtor de soja no mundo, ficando atrás apenas dos Estados Unidos. O Mato Grosso é o estado que mais produz o grão, seguido pelo Paraná.

Em boletins mensais a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), divulga indicadores do agronegócio e da indústria de alimentos, mantendo os produtores bem informados. Segundo a CONAB, estima-se um aumento na produção de grãos da ordem de 241,3 milhões de toneladas para a safra 2018/19, incremento de 6% ou 13,7 milhões de toneladas acima da safra anterior. A área plantada prevista foi de 62,9 milhões de hectares, crescimento de 2% quando comparado com a safra 2017/18. Os maiores aumentos de área são de milho segunda safra (890 mil hectares) e soja (727 mil hectares).

Dessa forma, a colheita de grãos para 2019, deve ser a segunda da serie histórica, iniciada em 1975. O recorde continua sendo em 2017, com produção total de 240,6 milhões de toneladas.

Que a previsão se confirme!